AbbVie apresenta novos resultados de estudos clínicos com Venetoclax

abbvie

AbbVie apresenta novos resultados de estudos clínicos com Venetoclax

Os resultados foram apresentados durante o 23° Congresso Anual da Associação Europeia de Hematologia (EHA – 14 a 17 de junho, Estocolmo – Suécia)

Foram apresentados resultados de estudos de pacientes com leucemia linfoide crônica (LLC) Resistente/Recidivada (RR) que alcançaram o que se denomina doença residual mínima, (“MRD”) em estudo de fase 3 MURANO. O atingimento de doença residual mínima é uma meta de avaliação definida pela presença de menos de uma célula de LLC em 10.000 glóbulos brancos que restam no sangue, ou na medula óssea, após o tratamento1. 

Também foram apresentados resultados de estudos clínicos com venetoclax em leucemia mieloide aguda (LMA), mieloma múltiplo (MM) e leucemia linfoblástica aguda (LLA), demonstrando o potencial da molécula para tratamento de múltiplos tipos de câncer no sangue

No Brasil, a AbbVie conduz 12 estudos clínicos de em fase  final de desenvolvimento em oncologia (o que chamamos de fase 3), envolvendo mais de 50 equipes de pesquisadores brasileiros de diversos centros em todas as regiões

A AbbVie (NYSE: ABBV), companhia biofarmacêutica global dedicada à pesquisa, apresentou dados de estudos clínicos em vários tipos de câncer no sangue, que avaliam a molécula venetoclax, o primeiro medicamento da categoria de inibidores de BCL-2, como monoterapia ou em combinação com outras terapias, durante o 23o. Congresso Anual da Associação Europeia de Hematologia, em Estocolmo, Suécia.  No total, foram apresentados 11 trabalhos, que incluem resultados de estudos de venetoclax em leucemia linfoide crônica, leucemia mieloide aguda, mieloma múltiplo e leucemia linfoblástica aguda. Os principais trabalhos da AbbVie apresentados no EHA podem ser acessados em www.ehaweb.org.

Venetoclax é desenvolvido pela AbbVie e Roche, com comercialização pela AbbVie fora dos EUA e pela AbbVie e Genentech, uma empresa do grupo Roche, nos EUA.  No Brasil, venetoclax, foi submetido para avaliação da agência regulatória brasileira para o tratamento de LLC, encontra-se em análise e não está aprovado até o momento.

Para mais informação sobre as pesquisas da AbbVie em oncologia, acesse “Breaking the Rules of Science to Treat Cancer,” em www.abbvie.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.